Liberdade em Clausura

Miriam Verri Garcia, Maria José Rosado

Resumo


artigo aborda a vida religiosa feminina em clausura no Brasil, buscando identificarelementos que motivam mulheres, ainda hoje, a escolher esse estilo de vida. O trabalhoempírico foi desenvolvido junto a um mosteiro de monjas da Ordem das CarmelitasDescalças, no estado de São Paulo. Aplicou-se um questionário a toda a população domosteiro. Histórias de vida foram obtidas por meio de entrevistas presenciais realizadascom cinco monjas. Partiu-se do princípio de que essas mulheres realizam livremente aopção de viver em clausura. Fatores biográficos e da estrutura familiar, bem como umapossível ausência de perspectiva na vida dessas mulheres aparecem, porém, comoelementos definidores de suas escolhas. As monjas, no entanto, nas conversas, visitas eentrevistas realizadas, afirmam-se mais livres em seu mundo restrito, enclausuradas, doque as pessoas que vivem no mundo. Esse sentimento delas está expresso no título: Liberdade em clausura. Teoricamente, a análise do material coletado orienta-se pelasinterrogações de gênero, enfatizando os mecanismos de controle eclesiástico sobre omosteiro, as normas estritas da clausura, diferentemente do que ocorre com mosteirosmasculinos.

Palavras-chave


clausura; gênero; monjas; votos religiosos

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais