Os Fundos de pensão e o financiamento de longo prazo no Brasil: possibilidades e limites

Giuliano Contento de Oliveira, Felipe Cioffi, Bruno De Conti

Resumo


Esse artigo objetiva discutir o conjunto dos fundos de pensão domésticos para refletir sobre o seu potencial no desenvolvimento dos mercados de ativos domésticos vinculados ao fornecimento de recursos de longo prazo para empresas emissoras. A partir de uma perspectiva pós-keynesiana, argumenta-se que esse processo requer dessas entidades uma diminuição do seu grau de preferência pela liquidez, a fim de ampliar sua exposição aos ativos de risco locais. Conforme explanado ao longo do artigo, esse movimento pode propiciar uma menor elasticidade dos preços dos ativos domésticos aos fluxos internacionais de capital, viabilizando um ambiente mais favorável a empresas em busca de recursos no mercado de capitais brasileiro.

Texto completo:

Artigo 2

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.