A Estrutura das Revoluções Científicas de Thomas Kuhn e a História do Pensamento Econômico

José Alderir Silva

Resumo


A forma como a ciência evolui ao longo do tempo tem diversas explicações dentro da filosofia. Algumas correntes, como o positivismo de Comte, argumentam que a ciência evolui de forma cumulativa e linear, sendo o conhecimento presente o resultado dos diversos estudos realizados no passado. Kuhn é crítico desse processo cumulativo e linear em favor de evolução da ciência que ocorre via revoluções científicas, onde um paradigma é substituído por outro que tenha um poder de explicação e resolução maior. O objetivo deste paper é tentar interpretar a evolução da ciência econômica de acordo com as estruturas das revoluções científicas de Thomas Kuhn.


Texto completo:

Artigo 8

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.