MITO E RELIGIÃO NA TELENOVELA “A DONA DO PEDAÇO”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/1980-8305.2020v23i36a7

Palavras-chave:

Sagrado, Símbolo, Mito, Experiência Religiosa, A dona do pedaço

Resumo

Este artigo objetiva-se analisar a telenovela “A dona do pedaço” produzida e exibida pela Rede Globo, em 2019. O objetivo é identificar os elementos simbólicos e mitológicos na narrativa, para determinar se ela pode ou não ser compreendida como um mito contemporâneo e, consequentemente, servir como base para uma experiência religiosa. Primeiro, constrói-se o referencial teórico a partir das noções de sagrado, símbolo e mito, que serão discutidas trazendo contribuições da fenomenologia da religião, bem como a psicologia analítica. Depois, é apresentada brevemente a trama da telenovela, sobretudo, aquela desenvolvida nos episódios finais, em seus principais elementos, apresentando-a no sentido de disponibilizá-la para investigação. Por fim, busca-se descrever e explicitar os elementos mitológicos identificados na telenovela. Compreende-se que a experiência religiosa não se limita àquela que se realiza sempre a partir de textos reconhecidamente sagrados por parte das religiões institucionalizadas. Mas, ela pode acontecer com qualquer narrativa que apresente elementos tipicamente religiosos.

Biografia do Autor

Wallace Soares da Cruz, Faculdade Unida de Vitória, Espírito Santo.

Mestrando em Ciências das Religiões, pela Faculdade Unida de Vitória. Membro do Grupo de Pesquisa Linguagens da Religião e Cátedra de Teologia Pública.

Bárbara Ahnert Azeredo, Faculdade Unida de Vitória, Espírito Santo.

Mestranda em Ciências das Religiões pela Faculdade Unida de Vitória.

Referências

ALVES, Rubem. O que é religião? São Paulo: Loyola, 1999.

BAZÁN, Francisco. Aspectos incomuns do sagrado. São Paulo: Paulus, 2002.

BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia grega. 6 ed. Petrópolis: Vozes, 1990.

CAPALBO, Creusa. Fenomenologia e ciências humanas. Aparecida: Ideias & Letras, 2008.

CASSIRER, Ernst. Ensaio sobre o homem: introdução a uma filosofia da cultura humana. 2 ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

CROATTO, José Severino. As linguagens da experiência religiosa: uma introdução à fenomenologia da religião. São Paulo: Paulinas, 2001.

DURAND, Gilbert. A imaginação simbólica. São Paulo: Cultrix/EDUSP, 1988.

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. 6 ed. São Paulo: Perspectiva, 2000.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

ELIADE, Mircea. Patterns in Comparative Religion. [Trad. Rosemary Sheed]. Lincoln, University of Nebraska Press, 1996.

ELIADE, Mircea. Tratado de história das religiões. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

FILORAMO, Giovanni; PRANDI, Carlo. As ciências das religiões. São Paulo: Paulus, 1999.

FOLEY, Kathleen Garces [Ed.]. Death and Religion in a Changing World. New York, M. E. Sharpe, Inc., 2006.

GSHOW A DONA DO PEDAÇO. https://gshow.globo.com/novelas/a-dona-do-pedaco/vem-por-ai/noticia/josiane-onsegue-reducao-da-pena-me-arrependi.ghtml. Acesso em fevereiro de 2020.

GSHOW A DONA DO PEDAÇO. https://gshow.globo.com/novelas/a-dona-do-pedaco/vem-por-ai/noticia/josiane-da-o-seu-testemunho-em-culto-e-clama-por-salvacao.ghtml. Acesso em fevereiro de 2020.

GSHOW A DONA DO PEDAÇO. https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2019/11/15

/a-dona-do-pedaco-josiane-participa-de-culto-na-prisao-e-web-fica-dividida.htm. Acesso em fevereiro de 2020.

MAÇANEIRO, Marcial. O labirinto sagrado: ensaios sobre religião, psique e cultura. São Paulo: Paulus, 2011.

MENDES, André; FREITAS, Laura Villares de. Religião e participação neste mundo. Junguiana: Revista da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica, São Paulo, n. 1, p. 25-32, 1983.

MESTERS, C. O desafio que provém da leitura popular da Bíblia. São Paulo: Loyola, 1998.

OTTO, Rudolf. O sagrado: os aspectos irracionais na noção do divino e sua relação com o racional. 2 ed. São Leopoldo: Sinodal/EST; Petrópolis: Vozes, 2011.

RICOEUR, Paul. A simbólica do mal. Lisboa: Edições 70, 2013.

SHELTON, R. M. “Liturgy and the Bible”. In: Austin Seminary Bulletin, vol. 95, n. 8, p. 34-41 (1980).

XAVIER, Marlon. O conceito de religiosidade em C. G. Jung. PSICO, Porto Alegre, PUCRS, v. 37, n. 2, p. 183-189, 2006.

Downloads

Publicado

2020-12-29