AUTOBIOGRAFIA SINESTÉSICA

Tiago Ramos e Mattos, João Hilton Sayeg de Siqueira

Resumo


 

Resumo

Este artigo tem por tema reflexões sobre autobiografia, manifestada em poesia, com recursos sinestésicos de linguagem, que se constituem em uma manifestação figurada das reminiscências do autor. A análise está embasada em teorias que abordam a autobiografia, o poema autobiográfico e as recepções sensoriais. O objeto de estudo selecionado é o poema Antologia de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1968, em Boitempo I – (In) Memória. Os resultados apontam para a miscigenação de percepções e de sensações, características da sinestesia, como estratégia para uma configuração memorialista.


Palavras-chave


Análise social do discurso; autobiografia; poesia

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: