O ENSINO DE PORTUGUÊS COMO LÍNGUA ADICIONAL PARA CRIANÇAS: ATIVIDADES DE COMPREENSÃO TEXTUAL POR MEIO DE LETRAMENTOS MULTIMODAIS EM SALA DE AULA.

Samara de Souza Fernandes, Josênia Antunes Vieira

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir o ensino do português como língua adicional (LA) para crianças por meio de práticas de letramento, considerando as especificidades características da faixa etária entre sete e dez anos. Salientamos também o papel crucial do professor no processo de ensino e de aprendizagem, motivando e proporcionando tarefas que ensejem a interação entre todos os alunos da turma. Ao trabalhar com letramento multimodal para os estudantes, lembramos que ao professor cabe motivá-los a ir além do conhecimento gramatical, transformando-o em prática social no âmbito da língua adicional em estudo. O uso da multimodalidade possibilita a elaboração de rico material didático, visando o letramento multimodal no ensino de línguas, bem como as práticas sociais requeridas para o ensino de uma língua adicional no âmbito do ensino de língua portuguesa. Nesse processo, percebe-se como a utilização da multimodalidade em ambientes educacionais concorre para uma aprendizagem sólida e motivada. Acredita-se que a forma de trabalhar a LA por meio de letramentos multimodais expõe o aprendiz ao incentivo de aprendizagem, no que diz respeito ao letramento social e escolar. O aporte teórico está fundamentado em Koch (2012), Kress (1997), Vieira (2015, 2018), Bortoni-Ricardo (2005), Lôpo-Ramos (2008), Marcuschi (2001) entre outros.


Palavras-chave


Letramento multimodal; língua adicional; práticas sociais; crianças; aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: