O ENSINO DO VOCABULÁRIO PARA APRENDIZES DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA

Lêda Pires Corrêa

Resumo


A designação de um lexema, em situações de uso, pelo aprendiz de PLE, implica não só o conhecimento de sua definição lexicográfica, como também o conhecimento enciclopédico desse lexema. Para tanto, fundamenta-se no Modelo Semântico Reformulado, proposto por Eco (1976), que possibilita compreender os sememas de um dado lexema como percursos de leitura, pelo encaixe de cada representação semântica em seleções contextuais. Na comunicação, o aprendiz de PLE, com auxílio dessas seleções contextuais, pode construir percursos de leitura e expandir seu repertório vocabular pela análise dos semas do semema e interpretar o lexema como uma rede complexa de unidades culturais e de cadeias intertextuais. Nessa perspectiva, objetiva-se propor estratégias teórico-metodológicas para o estudo do vocabulário da língua portuguesa, em processos comunicativos e interculturais no contexto de ensino-aprendizagem de PLE, de modo a que o aprendiz desenvolva competências léxicas e enciclopédicas, que maximizem sua performance como leitor em língua portuguesa. 


Palavras-chave


Português Língua Estrangeira

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: