O DESVELAMENTO DO ETHOS DE NEEMIAS NA REFORMA SOCIAL DA JERUSALÉM PÓS-EXÍLICA

Wagno Broedel Palma, Luana Ferraz, Maria Flávia Figueiredo

Resumo


Depois da total destruição de Jerusalém por Nabucodonosor no século VI a. C., Neemias despontou como um grande orador, cujos discursos, reacenderam a esperança do povo e persuadiram-no a reconstruir tudo o que havia sido devastado. Neste artigo, analisaremos o capítulo cinco do livro bíblico, Neemias, que trata da reconstrução da estrutura social de Jerusalém mediante a justiça e o perdão das dívidas. Para isso, servimo-nos da compreensão do ethos nos autores Aristóteles (2005), Cícero (2002), Quintiliano (2004), Santo Agostinho (2002), Reboul (2004), Meyer (2007) e Abreu (2001). A partir de uma análise qualitativa do texto, desvelamos o ethos de Neemias no processo de persuasão que teve como finalidade a reforma social dentro da complexa reconstrução da sociedade judaica pós-exílica. Dessa maneira, esperamos ampliar nossa percepção do texto bíblico e revelar a eficácia oratória do então governador de Jerusalém.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: