DO BILETRAMENTO AOS PLURILETRAMENTOS: ALGUNS AVANÇOS CONCEITUAIS NA COMPREENSÃO DOS PROCESSOS DE SISTEMATIZAÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA POR CRIANÇAS MULTI/BILÍNGUES

Antonieta MEGALE

Resumo


Este artigo tem como objetivo discutir o conceito de biletramento a partir de uma visão heteroglóssica de língua (GARCÍA, 2009). Tal visão preconiza a noção de repertório linguístico (BUSCH, 2012, 2015) em detrimento das divisões clássicas de primeira e segunda língua. Nessa perspectiva, nos movemos para além da noção de biletramento em direção ao conceito de práticas de pluriletramento (García; Bartlett; Kleifgen, 2007).  A partir desse conceito, as práticas de letramento não estão associadas apenas a diferentes contextos culturais e estruturas sociais, mas também a diferentes canais e meios de comunicação.

Palavras-chave


Práticas de pluriletramento; Biletramento; Repertório Linguístico; Educação Bilíngue.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Intercâmbio está indexada em:

       

Catálogo de Bibliotecas:

ISSN 2237-759X

A Intercâmbio e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/intercambio. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/intercambio.