ASPECTOS DA GEOPROSÓDIA NO PLANALTO MIRANDÊS

Alberto Gómez BAUTISTA, Lurdes de Castro MOUTINHO

Resumo


No presente trabalho abordaremos, de forma sucinta, a língua mirandesa e a situação sociolinguística em que se encontra. Mencionaremos também os principais trabalhos existentes sobre a prosódia do mirandês. De seguida, apresentamos alguns resultados iniciais obtidos da análise efetuada em algumas estruturas de três variedades do mirandês, a saber: mirandês meridional ou sendinês, central e raiano (VASCONCELOS, 1901: 27-43). Consideraremos unicamente estruturas simples, em frases interrogativas, incluindo os três tipos de acentuação lexical (oxítona, paroxítona e proparoxítona), quer no SN, quer no SV.Para concluir, teceremos algumas considerações sobre os resultados obtidos.

 

Palavras-chave


Corpora Orais, Variação Prosódica, Fonética, Fonologia, Mirandês.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Intercâmbio está indexada em:

       

Catálogo de Bibliotecas:

ISSN 2237-759X

A Intercâmbio e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/intercambio. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/intercambio.