500 anos em busca da sustentabilidade urbana

Klemens Laschefski

Resumo


Este artigo apresenta um resgate histórico do surgimento do termo desenvolvimento sustentável. Mostra que a busca pela sustentabilidade sempre esteve vinculada às diversas crises dos modos de produção do espaço feudal e capitalista. As analogias em tempos recentes, demonstrado a partir da aplicação do Estatuto da Cidade em Belo Horizonte, confirmam a condição de insustentabilidade social das cidades urbano-industrial-capitalistas. Isso, porque são beneficiados empreendimentos imobiliários privados ditos sustentáveis que estimulam a elitização do espaço. Propostas concretas para as sociedades urbanas socialmente sustentáveis apresentam elementos comuns à ilha Utopia, dos escritos de Thomas Morus, de 500 anos atrás, reafirmando a necessidade de considerar a categoria espaço como produto social e as relações de poder sobre o território na conceituação da sustentabilidade urbana.

Palavras-chave


sustentabilidade urbana; desigualdade social; produção do espaço; empreendedorismo imobiliário; marginalização; justiça ambiental

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: