Políticas públicas, valorização da terra e metropolização: RMBH e o vetor industrial de expansão

Sofia Santos Lages

Resumo


As especificidades da terra com relação aos demais bens configuram processos singulares de sua valorização e comercialização, em que o envolvimento dos agentes da produção do espaço é elemento estruturante na formação dos preços. O poder público, um desses agentes, apresenta papel notável, visto que possui a capacidade de controlar os possíveis usos da terra e, consequentemente, induzir atividades e empreendimentos que gerem atração do capital. Discute-se, neste artigo, a relação entre a atuação do poder público, a valorização da terra e a expansão de Belo Horizonte, desde seu plano inaugural até a metropolização, especialmente no “vetor oeste”, associado às atividades industriais desde os primórdios de sua expansão.

Palavras-chave


metropolização; políticas públicas; valorização da terra; mercado da terra; Região Metropolitana de Belo Horizonte

Texto completo:

PDF SciELO


DOI: https://doi.org/10.1590/2236-9996.2020-4709

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: