A cidade de Vitória e o porto nos princípios modernos da urbanização no início do século XX

Maria da Penha Smarzaro Siqueira

Resumo


As principais iniciativas de reforma urbana ocorridas em Vitória no início do século XX, no ideário do poder público, aliaram saneamento, circulação e remodelação da cidade. A noção de conferir a Vitória um caráter moderno, no sentido do progresso e da civilidade, apoiou-se nos discursos sanitaristas que direcionaram o projeto modernizador. Assim foi concebido um plano em três dimensões: as obras de estruturação e aparelhamento do porto, saneamento da cidade e a reforma urbana. Seguindo o novo modelo urbanístico que predominava no Brasil em fins do século XIX e início do século XX, nos princípios da higienização/modernização europeia, Vitória aliou às reformas urbanas as obras do porto, enquanto agente maior do progresso do Estado e da modernização da cidade.

Palavras-chave


cidade; porto; modernização; urbanização; discurso político

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: