Padrões espaciais de ociosidade imobiliária e o Programa Morar no Centro da Prefeitura de São Paulo (2001-2004)

Fernando Cardoso Cotelo

Resumo


A Prefeitura de São Paulo (2001-2004) criou um programa habitacional que procurava coordenar a utilização de crédito subsidiado da Caixa Econômica Federal com a oportunidade de recondicionamento de alguns prédios ociosos na região do Centro Histórico. Este artigo mostra um levantamento dos imóveis ociosos no Centro Histórico, comenta sobre a razão de sua ociosidade, descreve o Programa Morar no Centro, apresenta um método auxiliar na avaliação de seu impacto no aproveitamento de imóveis ociosos e indica possíveis falhas na sua concepção que podem ter contribuído para sua descontinuação. A grande quantidade de área disponível, em contraposição ao pequeno número de projetos PAR demonstra a timidez da intervenção governamental e sua relativa dispersão demonstra desconsideração às externalidades e sinergias locais.

Palavras-chave


revitalização urbana; política de habitação; uso do solo urbano; economia urbana; geografia urbana

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/5950

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: