A economia política da urbanização contemporânea

Ricardo Carlos Gaspar

Resumo


O rápido curso da urbanização e das mudanças tecnológicas ocorridas ao longo das últimas décadas está criando uma nova geografia de poder no mundo, em que as grandes cidades e regiões ganham crescente importância. O artigo examina essas transformações e postula que a atenção nos espaços urbanos requer abordagens regionais e o entendimento da economia política global, a qual não destitui os Estados nacionais da condição de atores políticos relevantes. A despeito de todas as transformações, eles permanecem – atualmente, entre outros agentes políticos – suportes fundamentais para operacionalizar e coordenar esforços de desenvolvimento em uma perspectiva multiescalar, capaz de conferir sustentabilidade às estratégias de crescimento local. A metrópole de São Paulo é tratada como caso de estudo, devido a suas especificidades.

Palavras-chave


cidades globais; economia política da urbanização; escalas espaciais; novas morfologias urbanas; políticas de desenvolvimento urbano-regionais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/5989

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: