A propos de la “service class”: les classes moyennes dans la sociologie britannique

Catherine Bidou-Zachariasen

Resumo


Ao longo dos últimos 15 anos, a sociologia britânica desenvolveu uma literatura abundante sobre o tema das classes médias. Esses trabalhos tratam, sobretudo, da inadequação das categorias tradicionais como instrumentos de análise da evolução do modelo de desenvolvimento das sociedades e economias ocidentais desde o pós-guerra, bem como do grande crescimento numérico de categorias socioprofissionais que não pertencem nem às elites nem às categorias populares (ou não qualificadas). Denominações específicas foram criadas para designar aquelas que, na França, foram freqüentemente chamadas de “novas classes médias assalariadas”. Contudo, contrariamente ao que ocorreu na França, onde esse tema inspirou poucos novos estudos, na Grã-Bretanha, um grande trabalho multidisciplinar de conceitualiação foi realizado tendo por objeto a noção de “service class”, como a autora pretende passar em revista em seu texto.

Palavras-chave


classes médias, categorias socioprofissionais e “service class”.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/9204

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Apoio: