ESCUTA HISTÓRICO-CULTURAL DE DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM: MULTIPLICIDADE DA EXPERIÊNCIA HABITADA NO DISCURSO

Pedro Vasconcelos Corrêa

Resumo


Esse artigo visa compartilhar ações realizadas frente à demanda de dificuldades de não aprendizagem escolar no aspecto de escuta e intervenção à queixa escolar, em crianças atendidas em um Serviço de Psicologia Aplicada – SPA de uma IES de Porto Velho/ RO. Foram acompanhadas experimentalmente cinco crianças, ao longo do segundo semestre de 2017. O trabalho avançou ao tentar romper com o olhar de análise clínico institucionalizado e na desconstrução da queixa escolar com o sujeito, família e escola. Evidenciou-se que no discurso da queixa escolar muitos significados das tensões não possuem sentido individual e a que a consciência sobre essa relação emergiu sem laço e com desencontros no discurso anunciado.

Palavras-chave


Queixa escolar; Escuta clínica; Psicologia histórico-cultural

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/2175-3520.20190017

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.