A EDUCAÇÃO SOCIOEMOCIONAL E SUAS IMPLICAÇÕES NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Pierre Cerveira Motta, Patrícia Fasolo Romani

Resumo


A educação socioemocional é o processo de adquirir e praticar habilidades de reconhecimento e regulação emocional, de relacionamento interpessoal e de atitudes de cuidado ao outro. Este trabalho buscou identificar alguns programas de intervenção de educação socioemocional realizados em escolas. Para isso, efetuou-se uma revisão de literatura, utilizando os descritores “educação socioemocional”, “aprendizagem socioemocional”, “social emotional learning”, “intervenção” e “intervention” nos portais de pesquisa BVS e PsychNet, incluindo artigos escritos em espanhol, inglês ou português, empíricos, com uma intervenção realizada e avaliada no contexto escolar. Os resultados obtidos demonstram uma prevalência de programas de educação socioemocional nos Estados Unidos, um maior número de intervenções ministradas por professores, que incluíram os conteúdos no currículo escolar, e efeitos de melhoras em comportamento pró-social, sintomas emocionais, problemas de conduta, autoestima, regulação emocional, sintomas de desatenção e hiperatividade, autocontrole e empatia. Esses programas de intervenção socioemocional apresentaram resultados significativos para desenvolver as competências citadas acima; entretanto, alcançaram poucas das competências almejadas, bem como o efeito do resultado foi pequeno em muitos estudos. A educação socioemocional se faz importante como ferramenta para uma melhor adaptação da criança ao seu contexto, desenvolvendo a longo prazo uma melhor autoestima e empatia. Os professores também se beneficiam, melhorando suas práticas pedagógicas e contribuindo para o fomento do cuidado de saúde mental nas escolas.

Palavras-chave


Inteligência emocional; Escolas; Educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/2175-3520.20190018

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.