O ritual obsessivo de ocultar facas: a religião individual de um neurótico

Henrique Guilherme Scatolin

Resumo


Partindo da concepção freudiana sobre o ritual na neurose obsessiva, o objetivo deste artigo é enfocar o ritual de ocultar facas como uma religião particular e individual de um neurótico obsessivo. Assim, o autor analisa, de uma forma sucinta, o caso clínico de um neurótico que esconde facas desde a sua infância. O autor conclui que qualquer ato obsessivo expressa a ambivalência presente na dinâmica psíquica dos neuróticos, como o desejar e o temer, o amor e o ódio. Além disso, as pulsões destrutivas também estão presentes nos mesmos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: