Contribuição winnicottiana à terapêutica dos traumas de violência intrafamiliar: intervenção institucional

Paula Orchiucci Miura

Resumo


A violência intrafamiliar é um problema que ocorre em todas as regiões do mundo. Em 2007, o UNICEF identificou que cerca de 275 milhões de crianças eram testemunhas desse tipo de violência. Este artigo teve como objetivo analisar o processo de intervenção baseado na teoria winnicottiana e adotados pelo Programa Acolher e pelos Centros de Convivência da Criança e do Adolescente no atendimento dos casos de pessoas que vivenciaram situações de violência intrafamiliar, no município de Arujá-SP. Este trabalho foi realizado com base no método psicanalítico (Naffah, 2006) e por meio da observação participante nestes serviços. Com esse estudo pôde-se perceber que estes serviços desenvolveram um trabalho em rede e atuaram terapeuticamente, possibilitando o fortalecimento dos profissionais destes serviços, bem como a continuidade do processo de amadurecimento das crianças atendidas.


Palavras-chave


violência intrafamiliar; intervenção institucional; teoria winnicottiana

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: