Torna-se irmão: o imaginário da criança frente a gravidez materna e a chegada de um irmão

Tamar Fainguelernt, Rosa Maria Tosta

Resumo


A fratria, apesar de estar presente em grande parte das famílias, é um tema pouco estudado, principalmente quando se trata da relação entre irmãos. O “tornar-se irmão” provoca muitas mudanças nas relações familiares, até mesmo durante a gestação da mulher, que são sentidas principalmente pela criança que se tornará primogênita. Esta pesquisa buscou compreender
1- Como o filho primogênito percebe a segunda gravidez da mãe e a chegada de um irmão; 2- Quais as fantasias e sentimentos que surgem no primogênito em relação ao irmão que está sendo gestado. Tendo como referencial a teoria psicanalítica, e tendo como participante a criança, as informações foram colhidas através da aplicação dos instrumentos projetivos “Teste do Desenho da Família” e “Teste Desenho-Estória” em três filhos primogênitos de mães gestantes. Observou-se através da pesquisa que o nascimento de um irmão provoca grande impacto na vida do primogênito, gerando ansiedade e conflitos de sentimentos em relação à sua família. Os conteúdos despertados em cada criança a partir desse tema são singulares, porém evidentes, de modo que em cada criança são manifestados de formas diferentes. Os resultados oferecem subsídios para que pais, familiares e profissionais possam auxiliar a criança a atravessar essa fase de uma forma elaborada, beneficiando também aqueles que a rodeiam.


Palavras-chave


primogênito; irmão; gravidez materna; relação fraterna; psicanálise

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2018v27i1p129-149

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Psicologia Revista. Revista da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde. ISSN 1413-4063

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: