Intervenção comportamental para melhorar a precisão do “chute no gol” em jogadores de futebol

Marcelo Correa Abuchacra, Fani Eta Korn Malerbi

Resumo


O presente artigo teve por objetivo investigar os efeitos do reforçamento condicionado sobre a precisão do comportamento do “chute no gol” em jogadores de futebol em formação. A pesquisa foi realizada com dois participantes e compreendeu duas fases: 1) Linha de Base (LB) e 2) Fase de Reforçamento. Foram colocados quatro alvos no gol (inferior direito, inferior esquerdo, superior direito e superior esquerdo) para indicar aos participantes onde deveriam chutar. Na LB apenas foram registrados os acertos ou erros dos “chutes no gol” de cada participante. Na Fase de Reforçamento cada acerto fazia com que o participante ganhasse um ponto que, ao final das sessões, era trocado por dinheiro. Para um dos participantes aumentou-se a quantidade de reforços para a precisão num dos alvos (Ref.+ bônus). Com o objetivo de verificar se a porcentagem de acertos retornaria aos níveis basais foi possível repetir o procedimento empregado na LB1, suspendendo o reforçamento condicionado aos acertos nos alvos IE e SE para o participante P1 e nos alvos SE, ID e SD para o participante P2. Os resultados mostraram que ambos os participantes elevaram seus índices de acerto na Fase de Reforçamento em comparação aos dados da Linha de Base.


Palavras-chave


reforçamento condicionado; alvos; chute no gol; precisão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2594-3871.2018v27i3p661-678

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Psicologia Revista

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: