Lacan com Agamben? Diálogo Sobre a Voz

Vanessa da Cunha Prado D’Afonseca

Resumo


O trabalho objetivou indicar a relevância da voz para a reflexão sobre o vínculo entre ética e psicopatologia. Para tanto, partiu-se do texto Lacaniano “Kant com Sade” em diálogo com o questionamento filosófico e político de Giorgio Agamben sobre a voz. Com tal estratégia, evidenciou-se que a pulsão escópica é ainda a instância teórica privilegiada na interrogação ética Lacaniana. Enquanto a pulsão invocante, chamada por Lacan a responder sobre a verdade que Sade revelaria de Kant, teria permanecido velada. A relevância de um desvelamento do invocante nesses textos pretendeu ser indicada a partir da crítica feita por Agamben à produção biopolítica da condição de uma matável insacrificabilidade do homo sacer, das anotações Lacanianas sobre o sacrifício, e da fantasia da segunda morte articulada por Sade.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: