Reflexões sobre o trabalho em saúde mental na contemporaneidade: considerações sobre a interdisciplinaridade a partir da Ética

Gilberto Safra, Gabriel Zaia Lescovar

Resumo


Este trabalho se propõe a refletir sobre a especificidade do trabalho interdisciplinar clínico em saúde mental na contemporaneidade a partir de suas implicações éticas. Para isso, empregar-se-á um trecho do filme de Marcos Prado, denominado: “Estamira: Tudo que é imaginário tem, existe, é”, que narra a trajetória de vida de Estamira, uma mulher de 63 anos, que sofre de distúrbios mentais e que por 20 anos viveu e trabalhou em um aterro sanitário na cidade do Rio de Janeiro.

Este breve artigo, fruto do trabalho conjunto dos respectivos autores, encontra-se modificado a partir da apresentação realizada com o mesmo título no Pólo de Atenção Intensiva em Saúde Mental da Zona Norte de São Paulo, por Gabriel Z. Lescovar.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

ISSN Impresso: 1413-4063
ISSN Eletrônico: 2594-3871


Psicologia Revista  está indexada em: