A IMPORTÂNCIA ECONÔMICA DAS VENDAS DIRETAS COMO FOMENTADOR DA CADEIA PRODUTIVA DO URUCUM E DO SEGMENTO COMERCIAL DA ESTÉTICA & EMBELEZAMENTO

Leandro Pessoa Lucena, Francisco José Kliemann Neto, Fernanda Mariano Massuia, Leonardo Donizete Fanti

Resumo


O trabalho descreve uma Agroindústria de Cosméticos situada na região do nordeste brasileiro a qual possui mais de 350 franquias e oito mil revendedoras informais que participam das vendas diretas de produtos de estética e embelezamento oriundos do Urucum. Diante do crescimento desse setor nos últimos anos e das diferentes vias de comercialização dessa agroindústria, esse trabalho teve como objetivo discutir a importância do achatamento das cadeias produtivas como principal atalho a se obter maior fatia de mercado pela ação pratica das “vendas diretas” e em seguida constatar se as vendas diretas na agroindústria pesquisada (latitude 07° 05' 00"S e longitude 34° 50' 00"W) realmente tiveram maior significância que as vendas franqueadas. Como procedimento metodológico utilizou – se o teste de hipótese estatístico paramétrico de diferenciação entre grupos pela lógica da distribuição normal. Os resultados encontrados apontaram as vendas diretas sendo significativamente mais relevantes que as vendas franqueadas, onde fabricante e consumidores podem se relacionar sem intermediários com maior praticidade e comodidade, ampliando assim a possibilidade da agroindústria em obter maiores fatias de mercado e condições mais reais de fidelização da clientela, bem como, redução dos custos transacionais.


Palavras-chave


Canal de distribuição, Fatia de Mercado, Achatamento da Cadeia Produtiva

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v16i3.14229

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: