A gestão das gerações em uma empresa que nasceu “Y” nos anos 1960: Os papéis funcionais em sobreposição à idade

Rodrigo Cunha da Silva, Joel Souza Dutra, Elza Fátima Rosa Veloso

Resumo


O objetivo deste artigo é o de explorar os fatores contextuais e a gestão das gerações em uma empresa que é referência em gestão de pessoas no Brasil. Para o cumprimento de tal objetivo, foi realizada uma pesquisa descritiva-explicativa, consolidada por meio de um estudo de caso na Promon S.A.Constatou-se que o contexto em que a gestão de pessoas acontece influencia a gestão das gerações. Tal influência parece impossibilitar a criação de apenas um padrão para tal gestão, tornando ainda mais desafiadora a tarefa de promover a convivência inevitável entre as gerações.

 


Palavras-chave


Geração Y, Organização, Gestão de Pessoas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v15i3.23146

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: