ÂNCORAS DE CARREIRA: UMA QUESTÃO DE GÊNERO?

Ivan Ferraz, Diego Galli, Leonardo Trevisan

Resumo


A diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho é cada vez menos evidente.
Entender se os fatores que norteiam as decisões de carreira dos indivíduos do sexo
masculino são os mesmos que influenciam as decisões femininas pode ser fundamental
para que as empresas estruturem suas políticas de recursos humanos de maneira adequada
e para que os indivíduos possam planejar suas carreiras com maiores probabilidades de
sucesso. Este estudo analisa como o gênero influencia as escolhas de carreira por meio de
uma análise quantitativa que compara as âncoras de carreira de 54 homens e 50 mulheres,
todos alunos do último ano do curso superior de administração. Os resultados do estudo
apontam para uma diferença significativa entre os sexos, no que diz respeito à âncora de
carreira predominante. Todavia, há indícios de que as âncoras menos presentes, ou seja,
as competências, motivos e valores que menos se destacam no grupo pesquisado, são
semelhantes entre homens e mulheres.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v10i2.2713

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: