Fatores Antecedentes do Uso da Pesquisa Operacional como Ferramenta Estratégica nas Organizações

Luis Hernan Contreras Pinochet, Bárbarah Kristine Ruiz Sanches, Evandro Luiz Lopes, Ricardo Luiz Pereira Bueno

Resumo


O objetivo deste artigo é identificar a influência dos fatores antecedentes do uso da pesquisa operacional (PO) como ferramenta estratégica nas organizações. Para tanto, foram propostas variáveis dependentes em relação ao seu uso: expectativas de benefícios; frequência de uso; e capacitação do usuário. A fase empírica analisou as respostas de executivos-chave de 171 empresas. A análise dos dados foi realizada por meio da análise fatorial exploratória e pela modelagem de equações estruturais, com a estimativa por meio dos mínimos quadrados parciais. Como resultado, identificou-se que a pesquisa operacional ainda é utilizada de maneira incipiente nas empresas e que, apesar de os executivos reconhecerem o potencial dos benefícios do uso da pesquisa operacional como ferramenta estratégica, a falta de capacitação dos usuários e a baixa frequência de utilização dessa ferramenta ainda se mostram como fatores limitadores de seu uso.


Palavras-chave


Pesquisa Operacional; Tomada de Decisão; Estratégia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2178-0080.2017v20i2.35999

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: