Carreira: uma preocupação do indivíduo, uma responsabilidade da empresa

Marília de Gonzaga Lima e Silva Tose

Resumo


É voz corrente que a carreira pertence ao indivíduo e não à empresa e, que, portanto, é dele a responsabilidade pela sua gestão. Até que ponto, porém, essa verdade é pertinente? É
possível a todos planejar a própria carreira e seguir o seu planejamento sem qualquer auxílio? Ou isso é privilégio de alguns que, muito cedo, decidem qual o objetivo de sua vida e passam a persegui-lo até conseguir atingir a meta desejada? O objetivo desse trabalho é analisar a afirmativa de Savioli de que a carreira é responsabilidade do indivíduo, à luz do pensamento de outros autores que, não discordando dessa afirmativa, reconhecem que nem sempre as pessoas conseguem planejar uma carreira sem a ajuda da empresa.

Palavras-chave: carreira, planejamento, desenvolvimento.

Abstract

It is widely accepted that the career belongs to the individual not to the company and that, therefore, he or she should be in charge of it. To what extent, however, is this truth relevant?
Is it possible for everyone to plan their own careers and follow their plans without any help? Or is it a privilege of a few who, very early, set their objectives and pursue them until they have achieved the desired outcomes? The objective of this paper is to analyze Savioli's statement, which claims that the career is the responsibility of the individual, from the point of view of other authors who don't disagree with such opinion but do recognize that planning one's career without any help from the company is not always possible.

Key words: career, planning , development.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v3i1.898

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: