TRANSFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS E GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR FINANCEIRO

Arnaldo Mazzei Nogueira, Otavio Tosi da Silva

Resumo


O artigo apresenta resultados do estudo sobre o impacto provocado nos processos de recursos humanos utilizados em bancos no Brasil que participaram do processo de fusão e aquisição. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de estudo de casos múltiplos comparativos em duas organizações. Foram selecionados os bancos Santander e do Brasil como sujeitos de investigação. Os dados foram coletados por meio de entrevistas exploratórias semi-estruturadas, além de análise documental e de sites. A pesquisa apontou que em ambos os bancos há políticas de recursos humanos bem desenvolvidas, mas que a aplicação na prática deixa a desejar devido à prioridade de cumprir as metas estabelecidas, principalmente nas agencias e setores de atendimento aos clientes. Constatou-se também que os conflitos nas relações de trabalho nessas instituições têm uma participação ativa do sindicato da categoria que resulta em questionamento das políticas de gestão da força de trabalho orientadas estrategicamente pelo departamento de recursos humanos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.20946/rad.v16i1.9919

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: