Análise da Geração e Distribuição da Riqueza através da Demonstração de Valor Adicionado no Setor de Construção do Brasil

José Carlos Moreno, Rodrigo de Jesus, Marta Cristina Pelucio Grecco, Fabiana Lopes da Silva, Octávio Ribeiro de Mendonça Neto

Resumo


Este estudo tem como objetivo verificar o comportamento da riqueza gerada e distribuída no setor de construção da economia brasileira, com base na análise das Demonstrações do Valor Adicionado e de índices de rentabilidade e endividamento. Para tanto, foram considerados os dados de vinte e sete empresas listadas na BM&FBOVESPA (bolsa de valores brasileira) do setor. A DVA é uma demonstração da riqueza gerada pela entidade e sua distribuição contempla quatro grupos de interesse: Governo, funcionários, financiadores (terceiros) e proprietários. Para que fosse possível obter uma base razoável para comparação de dados, o período considerado foram os anos de 2011 a 2016, efetuando-se a análise do período de pré-crise (2011 a 2013) e o período em que a crise econômica brasileira se acentuou (2014 a 2016). A conclusão foi que os grupos mais afetados foram o de capital próprio, com redução de 248% em sua parcela distribuída entre o período de 2011 a 2016 e o grupo de capital de terceiros que cresceu sua representatividade em 55% entre o mesmo período analisado, o que evidencia a transferência de riqueza dos empresários para os financiadores externos. Os índices econômico-financeiros corroboram para fechar a análise de dados, mostrando o declínio da rentabilidade do capital próprio e aumento nos índices de endividamento, portanto, sinalizando forte aumento da dependência do capital externo no setor.


Palavras-chave


Demonstração do Valor adicionado, Crise, Setor de Construção.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-9513

 

INDEXADORES