Ética da alteridade e judaísmo em Emmanuel Levinas e implicações para a religião e para os direitos humanos

Abimael F. Nascimento

Resumo


Emmanuel Levinas é de origem judaica; nascido na Lituânia, viveu, pela sua condição de judeu, os horrores da Segunda Guerra Mundial. A sua proposta ética encontra raízes no ambiente judaico, o que lhe proporciona uma dura crítica ao pensamento ocidental que, segundo ele, em vez de propor uma ética, propôs uma filosofia do poder. Para ele, a ética precede não somente a Filosofia, como também a Teologia e os Direitos Humanos, de modo que a implicação do pensamento de Levinas à religião e aos Direitos Humanos é colocar a relação, o encontro com o Outro como anterior a qualquer tematização para guardar a ética e evitar resumir o Outro no Mesmo.

Palavras-chave


Levinas; Outro; Mesmo; Ontologia; Religião

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: