Diálogo e cultura do encontro: um itinerário cristão em tempos de fundamentalismo

Pedro da Silva Morais

Resumo


O presente artigo, de início, propõe uma reflexão sobre o fundamentalismo e suas ameaças na vida dos seguidores de Jesus, sobretudo frente a uma sociedade em que o imediatismo e a “globalização da indiferença” tem se alastrado. A seguir, identifica e analisa algumas características do agir de Jesus que revelam, em suas próprias atitudes, os verdadeiros valores da vida, a verdadeira “beatitude” do homem, a partir do encontro com o outro, um movimento dialógico que gera espaço de conhecimento recíproco, acolhimento e escuta. Aplicando essa análise, mostra que há grandes riscos entre os cristãos, seguidores de Jesus, de viver sua fé, construindo um edifício fundamentalista, sustentado não por uma sólida hermenêutica das realidades humanas, mas por um sistema rígido doutrinário que contraria a mensagem transmitida por Jesus: a misericórdia, que gera espaço de diálogo e acolhimento.

Palavras-chave


Diálogo; Fundamentalismo; Cultura do Encontro; Cristianismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A REVELETEO está indexada em:

Presente nas seguintes Bibliotecas: