Ciência da Religião no Brasil: ensaio para a autonomia afirmada e a expansão do horizonte prático de atuação

Omar Lucas Perrout Fortes de Sales, Clóvis Ecco

Resumo


A Ciência da Religião no Brasil vivencia os primeiros momentos de sua emancipação como campo do saber ao compor, junto com a Teologia, a área 44 de avaliação da CAPES. Como integrante de área recém criada, a Ciência da Religião tem diante de si o desafio de se afirmar como ciência perante outras ciências e de expandir a profissionalização de seus operadores para além do campo de atuação docente. Para tanto, faz-se necessário à Ciência da Religião difundir a clareza e a solidez de seu estatuto epistemológico e criar espaços de promoção da pesquisa e de produção do saber acerca de seu objeto de estudo. Nesse horizonte, propõe-se reflexão sobre a afirmação da autonomia da Ciência da Religião enquanto ciência. Disserta-se o caráter científico desse campo do saber em sintonia com as resoluções brasileiras a reger as pesquisas com seres humanos. Ademais, lança-se a ideia da criação de observatórios regionais do fenômeno religioso destinados ao mapeamento e à análise das manifestações religiosas e à prestação de assessoria e serviços a instituições religiosas e civis e a órgãos públicos

Palavras-chave


Ciência da religião; Profissionalização do cientista da religião; Observatórios regionais do fenômeno religioso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1677-1222.2018vol18i3a11

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 REVER - Revista de Estudos da Religião