Evolução da política cambial e da taxa de câmbio no Brasil, 1961-71

Clóvis Oliveira de Almeida, Carlos José Caetano Bacha

Resumo


Este artigo analisa a evolução da política cambial e da taxa de câmbio no Brasil no período de 1961 a 1997, evidenciando a diferença entre desvalorizações da taxa de câmbio real e efetiva real. Os resultados revelam que a taxa de câmbio real e efetiva real apresentaram menor variação após a implantação da política de minidesvalorizações cambiais (1968 a 1979). Após esse período a variação das taxas reais de câmbio voltaram a aumentar. As taxas de câmbio real e efetiva se valorizaram fortemente na segunda metade da década de 80, sobretudo nos primeiros 18 meses após a implantação do Plano Real em 1994. Contudo, em 1996 e 1997 ocorreu expressiva recuperação do valor das taxas de câmbio real e efetiva real. 


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: