O problema do racionamento de crédito: uma possível convergência das abordagens pós-keynesianas e novo-keynesianas

Paulo Sérgio Oliveira Simões Gala, Vladimir Fernandes Maciel

Resumo


A função do presente artigo é analisar o problema do racionamento de crédito na economia à luz dos programas de pesquisa pós e novokeynesiano.O principal objetivo dessa análise será o de mostrar como diferentes matrizes teóricas macroeconômicas, que partem de pressupostos distintos sobre o comportamento do agente e do funcionamento da economia,podem convergir no tocante à análise da questão.O artigo segue dividido em uma introdução e quatro partes. A primeira será responsável por delimitar sucintamente as diferenças gerais e os pontos comuns entre a matriz póskeynesiana e a matriz novo-keynesiana. A segunda parte fará a exposição do problema da administração de crédito do ponto de vista dos novoskeynesianos.A terceira parte apresentará a análise dos pós-keynesianos quanto a questão do financiamento e mecanismos de ´criação´ e ´destruição de moeda. Ambas análises estarão centradas no comportamento dos bancos
por assumirmos que estes são a chave para o entendimento do controle do financiamento no sistema econômico. A última parte do artigo tecerá as considerações finais e a conclusão.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: