Suspensão temporária do contrato de trabalho: uma alternativa ao desemprego em períodos de flutuações sazonais

Fernando Garcia, André Marques Rebelo, Rogério Souza, Cláudio Lucinda

Resumo


Este artigo utiliza um modelo de decisão, baseado na teoria dos jogos, para analisar os possíveis efeitos sobre o emprego e a
remuneração da suspensão temporária do contrato de trabalho, um dispositivo legal introduzido recentemente (1998) na legislação trabalhista brasileira. O modelo compara as decisões de empregadores e empregados no ambiente em que não há a possibilidade de suspensão temporária com as que prevalecem quando há essa possibilidade. Conclui-se que as empresas poderiam, por meio da suspensão temporária, evitar demissões de funcionários em períodos de retração do nível de atividades, mas o modelo também revela que pode haver trabalhadores “prejudicados”, visto que sem esse expediente eles permaneceriam empregados.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: