ECONOMIA DA FELICIDADE: ESTUDO EMPÍRICO SOBRE OS DETERMINANTES DA FELICIDADE EM PAÍSES SELECIONADOS DA AMÉRICA LATINA

Pedro Henrique de Morais Campetti, Tiago Wickstrom Alves

Resumo


Este estudo objetiva compreender os condicionantes da felicidade dos indivíduos na América Latina, através de dados do World Values Survey para Argentina, Brasil, Chile, México, Peru e Uruguai. A metodologia de pesquisa utilizada baseou-se em uma Regressão por Mínimos Quadrados Ordinários fundamentada em uma revisão bibliográfica sobre o tema Felicidade em Economia e, empiricamente, buscou avaliar os determinantes da felicidade através de sete fatores selecionados a partir de Layard (2005): situação financeira, relacionamentos familiares, trabalho, comunidade e amigos, saúde, liberdade pessoal e valores pessoais. Os resultados encontrados apontaram que estes fatores são capazes de explicar a felicidade dos indivíduos.

Palavras-chave


Felicidade; Economia da Felicidade; Satisfação; Bem-Estar Subjetivo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: