DETERMINANTES DA DEMANDA POR CRÉDITO PESSOA FÍSICA – RECURSOS LIVRES, NO PERÍODO 2004-2011, EM ESTADOS SELECIONADOS

Thiago Leal Flores da Silva

Resumo


O objetivo deste artigo é avaliar os fatores macroeconômicos que contribuíram para o crescimento da demanda por crédito no segmento de pessoas físicas, recursos livres, entre os anos de 2004 e 2011. Através da utilização de uma estimativa em painel, utilizando-se regressões aparentemente não-correlacionadas (SUR), avaliam-se estes fatores em seis estados brasileiros. A originalidade do artigo está na especificidade do tema, focando nos empréstimos tomados pelo público pessoa física na modalidade recursos livres, no período e nas regiões analisadas. Pode-se perceber que além do nível de juros, as condições do mercado de trabalho, desemprego e, especialmente, renda média, são decisivas na disposição do consumidor em contratar crédito.  Assim, o recente aumento no volume de crédito pode ser atribuído à presença dessas condições na economia brasileira

Palavras-chave


Crédito Pessoa Física, Brasil, Indicadores macroeconômicos, SUR

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: