Análise de eficiência relativa das distribuidoras de energia elétrica brasileiras das regiões sudeste/nordeste

Henrique Brigatte, Marília Fernandes Maciel Gomes, Maurinho Luiz dos Santos, Alexandre Alvisi Costa

Resumo


Este trabalho buscou apresentar os indicadores de eficiência na operação de empresas do setor elétrico nacional destinadas à distribuição de eletricidade. A análise das regiões Sudeste e Nordeste justifica-se pelo fato de nelas estarem localizadas as firmas que concentram mais de 70% do mercado. Para a obtenção dos resultados, utilizou-se a metodologia de Análise Envoltória de Dados (DEA). Os resultados apontaram relevante grau de homogeneidade entre as empresas de ambas as regiões, no que tange à alocação de insumos utilizados nos seus processos produtivos. Observou-se também que a quase totalidade das distribuidoras das regiões Sudeste e dos principais estados nordestinos – Bahia, Ceará e Pernambuco – operavam acima dos níveis de alocação ótima de seus fatores de produção, o que indica que o alto nível de energia demandada vem fazendo com que estas empresas tenham de atuar em escalas não eficientes para que possam supri-la.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

Nacionais:

pesquisa & debate


Internacionais: