ANÁLISE RETÓRICO-TEXTUAL DO GÊNERO CARTA DO LEITOR NA ESFERA ACADÊMICA

Ricardo Jorge de Sousa Cavalcanti, Cláudia Amorim de Almeida

Resumo


Este estudo aborda, com base na produção do gênero Carta do leitor por participantes de um minicurso, o sujeito como agente sócio-histórico e discursivo em práticas linguageiras argumentativas escritas. Para tanto, elegemos estudos que tratam da Nova Retórica (REBOUL, 2004; PERELMAN e OLBRECHTS-TYTECA, 2005) na inter-relação com a Linguística Textual (KOCH, 2015; KOCH e ELIAS, 2016; MARCUSCHI, 2008; 2010; 2011). O trabalho com a Carta do leitor se deu pelo seu potencial argumentativo e também didático. A pesquisa se caracteriza como uma pesquisa-ação, numa perspectiva qualitativa de investigação, a partir da produção e análise de dados autênticos. Os resultados apontam, considerando a experiência realizada, certa dificuldade na elaboração do gênero Carta do leitor por parte dos sujeitos produtores: licenciandos e licenciados nos Cursos de Letras e de Pedagogia de um dado contexto. Tal constatação nos leva a defender a importância do trabalho sistematizado com a argumentação na formação inicial/continuada docente.

 

 

 


Palavras-chave


Argumentação. Carta do leitor. Produção textual escrita.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2316-3267.2019v8i1p168-187

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: