ANÁLISE DISCURSIVA DA REVISTA TRAÇOS: REVISTA CULTURAL E PROJETO SOCIAL

Lorena Poliana Silva Lopes

Resumo


Este estudo se propõe a observar criticamente as possíveis relações de poder refletidas em uma produção editorial local, a Revista Traços, a partir de uma análise discursiva. Para isso, o estudo adota como referências teóricas os estudos e reflexões de Scalzo (2006) e de Goodwin Jr. (2015), da área de mídia impressa, em diálogo com os estudos de Bauman (2005), sobre identidade, e de Goffman (2015), sobre estigma social. Além dessas, adota como referência metodológica os conceitos de produção, distribuição e consumo, da Análise de Discurso Crítica – ADC, postulados por Fairclough (2008). Como resultados parciais tem-se que a Traços lança mão de um contra discurso, objetivando promover a desconstrução de estigmas atribuídos a pessoas em situação de rua.

Palavras-chave


Analise de Discurso Crítica; Mídia Impressa; Identidade;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2316-3267.2019v8i2p181-201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




     INDEXADORES: