2013 – uma dimensão ética libertária

Camila Jourdan

Resumo


O objetivo deste artigo é resgatar os acontecimentos de 2013 como uma experiência ética, que aponta para a possibilidade de um modo de vida totalmente outro. Muito do que hoje vivemos ainda está sob o efeito das inquietações e das possibilidades abertas pelas grandes manifestações diárias e insurgências que tomaram o Brasil neste período. É preciso saber responder adequadamente ao que 2013 nos trouxe, não apenas no âmbito da macropolítica, mas talvez sobretudo no aspecto das microrresistências diárias, para retomarmos a mensagem que este período nos legou. Toda resistência jamais é apenas e fundamentalmente contra algo, mas sempre e antes de tudo a favor de outros modos de experimentar a vida.

Palavras-chave: 2013, insurreição, ética, micropolítica.

Abstract

The purpose of this paper is to rescue the events of 2013 as an ethical experience, which points to the possibility of a totally different way of life. Much of what we are experiencing today is still under the effect of the restlessness and possibilities opened up by the great daily manifestation and insurgencies that Brazil had in that period. We need to be able to respond adequately to what 2013 brought us, not just in the macro- politics, but perhaps above all in the aspect of daily micro- resistances, to return to the message that this period bequeathed us. All resistance is never only and fundamentally against something, but always and before everything in favor of other ways to experiencing life.

Keywords: 2013, insurrection, ethic, micro-politics.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/verve.v0i34.39623

Apontamentos

  • Não há apontamentos.