política e estética anarquista: o cinema libertário

Gustavo Vieira

Resumo


Resumo

Este artigo se propõe a realizar uma reflexão sobre como a arte cinematográfica e a revolta associam-se por meio da anarquia. Manifestando-se como novas formas de existência e resistência que vão originar um cinema único e inventivo. Um cinema que recusa e agride os padrões estéticos estabelecidos para criar uma estética própria, uma estética anarquista do cinema, influenciada pelos mais diversos movimentos artísticos e políticos.

Palavras-chave: cinema, anarquismo, estética anarquista.

 

Abstract

This article presents a reflection on how cinematic art and revolt are associated through anarchy, manifesting itself as new forms of existence and resistance that will originate a unique and inventive cinema. This cinema refuses and violates the aesthetic standards established to create its own aesthetic, an anarchy aesthetic of cinema, influenced by the most diverse artistic and political movements.

Keywords: cinema, anarchism, anarchy aesthetic.

 

Anarchist politics and aesthetics: the libertarian cinema, Gustavo Vieira

Recebido para publicação em 2 de agosto de 2019. Confirmado para publicação em 15 de agosto de 2019.




DOI: https://doi.org/10.23925/verve.v0i36.45370

Apontamentos

  • Não há apontamentos.