Arquivo X e a projeção utópica da realidade: o pensamento tecnológico e as novas utopias

Pedro Henrique Reis

Resumo


Uma análise crítica de um episódio da série de televisão Arquivo X, do ano de 1998, com o objetivo de revelar as características e nuances, dentro de um objeto da Cultura da Mídia, do pensamento tecnológico e da projeção utópica da realidade através das representações de tecnologias de sublimação do espaço e do tempo e da fantasia de superação das condições humanas. A série, que se baseia em encontros e mistérios envolvendo tecnologia e o sobrenatural, mostra investigadores que confrontam suas presunções sobre a realidade e se equilibra sobre duas premissas: a da superioridade do herói humano e da inventividade e poder que o desconhecido tem em assombrar a própria existência humana com fantasmagorias oriundas de mais de quatro séculos de fantasias e pesadelos tecnológicos.

Palavras-chave


technological thinking; new utopias; media culture

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM