Déficits em habilidades sociais e ansiedade social: avaliação de estudantes de psicologia

Anderson Siqueira Pereira, Marcia Fortes Wagner, Margareth da Silva Oliveira

Resumo


A ansiedade social e déficits nas habilidades sociais podem trazer diversos prejuízos na prática do psicólogo, visto que essa profissão é baseada na relação que o profissional estabelece com seus clientes. Desta forma, este artigo teve como objetivo a avaliação de estudantes de Psicologia em relação a esses problemas. Participaram do estudo 69 estudantes provenientes de duas universidades privadas do Rio Grande do Sul que responderam uma ficha sócio-demográfica e os instrumentos IHS-Del-Prette e CASO A30. Os resultados indicaram que 23% dos estudantes apresentam indícios de Transtorno de Fobia Social e 43,5% apresentam déficits nas habilidades sociais em pelo menos um dos fatores avaliados pelo IHS-Del-Prette, e autoafirmação do afeto positivo e autoestima, e enfrentamento e autoafirmação com risco (F2 e F1 do IHS-Del-Prette, respectivamente) foram os fatores nos quais mais indivíduos apresentaram pontuações baixas. Os resultados demonstram que uma parcela considerável dos estudantes apresenta dificuldades e necessidade de uma atenção maior por parte das universidades em relação ao desenvolvimento de habilidades sociais e de estratégias para lidar com a ansiedade social. Fatores que são importantes na atuação desses futuros psicólogos.

Palavras-chave


habilidades sociais; ansiedade social; estudantes de Psicologia

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.