O psicólogo e o seu fazer na educação: uma crítica que já não é mais bem-vinda

Rita de Cássia Vieira

Resumo


Este artigo tem por objetivo avaliar o trabalho do psicólogo no âmbito da Educação, tendo como referências as críticas que lhe têm sido feitas. Refletindo sobre essa atuação no contexto brasileiro, considera-se que, embora em casos já relatados pela literatura crítica, a psicologia possa efetivamente ter contribuído para justificar processos de exclusão educacional ou social, a atuação do psicólogo não é monolítica. Conclui-se observando que é possível que seu trabalho possa ter o efeito contrário e contribuir para a inclusão escolar e social de grupos desfavorecidos, quando inspirado em perspectivas teóricas que enfatizem a gênese social e cultural dos fenômenos psicológicos.

Palavras-chave


psicologia e educação; atuação do psicólogo; críticas

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.