INTENÇÃO DE COMPRA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS: REVISÃO SISTEMÁTICA DOS PREDITORES UTILIZADOS EM EXTENSÕES DA TEORIA DO COMPORTAMENTO PLANEJADO

Gabriel Horn Iwaya, Andrea Valéria Steil

Resumo


A identificação de preditores da intenção de compra de alimentos orgânicos interessa a diversos profissionais e pesquisadores. A Teoria do Comportamento Planejado é um dos principais modelos teóricos utilizados com essa finalidade. Esta revisão identifica o efeito de construtos adicionais utilizados para melhorar o poder preditivo da TCP com foco na intenção de compra de alimentos orgânicos. Foram consideradas as bases: EBSCO, SPELL, SciELO, Scopus, Web of Science, e PsychINFO. Foram encontrados 12 trabalhos. Os construtos identificados foram: atitudes/normas morais, normas descritivas, comportamento passado, consciência em saúde, identidade própria, preocupação ambiental, experiência passada e confiança. As atitudes/normas morais são o construto mais utilizado e com o maior efeito único encontrado.  Resultados detalhados e discussões são apresentados.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Flag Counter

Revista Administração em Diálogo - RAD
ISSN: 2178-0080

     

 

Apoio: