As mãos e a palavra do povo. Cultura e religiosidade na linguagem popular

José J. Queiroz

Resumo


Este texto versa sobre a relação entre as palavras e as mãos na linguagem popular, tendo como pano de fundo a cultura e a religiosidade. Inicia apontando a relevância das mãos para o ser humano, que vão além da anatomia e se tornam instrumento de transformação, de produção de cultura em seus vários aspectos. Em seguida, mostra que a palavra do povo expressa uma cultura eminentemente manual, inclusive em suas manifestações religiosas. Enfim, oferece alguns exemplos de expressões populares que encerram essa cultura manual. Essas exemplificações incluem desde termos que o povo privilegia e espelham o labor manual até os que expressam uma situação de opressão, como o uso do presente em vez do futuro, e a mutilações da sintaxe, até as expressões que contêm um recôndito anseio de resistência e a vontade de superar a sociedade que discrimina e explora.


Palavras-chave


Palavra, mão, cultura, religiosidade, exemplificação

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 REVER - Revista de Estudos da Religião - ISSN 1677-1222