MÉXICO 1968: O MASSACRE DE TLATELOLCO E A UNIVERSIDADE LATINO-AMERICANA

Everaldo de Oliveira Andrade

Resumo


Sobre o emblemático ano de 1968, pouco se tem falado da América Latina e em particular do massacre estudantil em Tlatelolco no México. O artigo tem como objetivo central demonstrar – no conjunto das mobilizações mundiais em 1968 – que Tlatelolco foi uma síntese sangrenta de muitas contradições que corroíam não apenas o sistema político e universitário mexicano, mas revelavam traços comuns e contraditórios do desenvolvimento econômico do capitalismo na América Latina. Um dos traços dessa originalidade foi o movimento autonomista universitário presente no desenvolvimento histórico das universidades latino-americanas até a década de 1960 e que será questionado juntamente com o sistema político corporativo mexicano.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


________________________________________________________________________________________________________

Apoio:

 

Projeto História está indexada em: